Realidades Virtuais

17 de Maio a 2 de Junho de 2010

De 17 de Maio a 2 de Junho, os videojogos, as redes sociais e os mundos virtuais estarão em destaque em Lisboa com o projecto “Realidades Virtuais” organizado pelo Goethe-Institut Portugal.

Sociedade

24 e 25 de Maio de 2010

Nos dias 24 e 25 de Maio, especialistas portugueses e alemães irão discutir os efeitos dos videojogos e redes sociais na psicologia, na sociologia e na protecção de menores. Um ciclo de conferências para discutir as influências e o impacto das realidades virtuais na sociedade actual.

Educação

29 de Maio de 2010

No dia 29 de Maio, numa conferência e dois workshops com especialistas portugueses e alemães, serão colocadas em cima da mesa questões relacionadas com a educação e as realidades virtuais na aprendizagem de línguas estrangeiras.

Arte

17 de Maio a 2 de Junho de 2010

A Media Arte marcará presença através através do prestigiado centro de media arte alemão ZKM com 4 instalações interactivas e um workshop dedicado aos mais pequenos. No Cinema poderá ser vista uma das mais marcantes obras de Fassbinder na área da ficção científica: “Welt am Draht”, de Rainer Werner Fassbinder.

Bibliotecas

20 de Maio de 2010

O Goethe-Institut Portugal, em colaboração com a APBAD, o Instituto Cervantes, o Instituto Ibero-Americano da Finlândia e o Instituto Italiano de Cultura organiza a conferência internacional “Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários”, que irá contar com a presença de especialistas de Portugal, da Alemanha, de Espanha, de Itália e da Finlândia.

Centro de Jogos

17 de Maio a 2 de Junho de 2010

O centro de jogos será um espaço recreativo onde os visitantes poderão não só jogar mas também recordar o passado, com uma exposição de consolas antigas, e descobrir os novos mundos do futuro. Palestras diversas sobre Second Life, World of Warcraft, sessões especiais sobre Gamedesign e torneios variados irão marcar este espaço durante todo o projecto.

As quatro instalações do ZKM, um dos mais prestigiados centros de media arte, resultam do cruzamento entre a arte e a tecnologia, misturando de forma surpreendente a realidade real com a realidade virtual.

Small Fish 
de Masaki Fujihata, Kiyoshi Furukawa, Wolfgang Münch
1999, Instalação interactiva
Colecção ZKM | Centro de Arte e Media Karlsruhe



O tema principal de Small Fish é a interacção. É através desta que se pretende criar um espaço de produção de significado que emerja da manipulação dos elementos gráficos apresentados em 15 partituras diferentes. Os elementos de pintura - pontos, linhas e cores -, que contêm elementos de notações musicais e que funcionam ao mesmo tempo como instrumentos para a produção interactiva de som, vão interagir uns com os outros, possibilitando a produção e composição de sons/músicas e de imagens. O jogo de criação das imagens e das composições musicais fica a cargo do espectador, que é convidado a deixar o seu lugar passivo e a tornar-se parte do processo criativo oferecido por "Small Fish".


Frontiers - You’ve Rechead Fortress Europe
de Tobias Hammerle, Ingo Herwig, Georg Hobmeier, Sonja Prlic, Jens M. Stober, Karl Zechenter
2007-2010, Jogo de Computador 3D online

 

Frontiers é um jogo que convida à intervenção política apresentando à comunidade um cenário verdadeiramente político e social, criando um modelo virtual de uma paisagem actual política e geograficamente.  Ao mesmo tempo está aberto à discussão e a uma possibilidade de mudança através de contribuições individuais exemplares e levando, inclusive, ao aparecimento de um novo campo discursivo e activista. Frontiers permite, de forma imersiva e interactiva, olhar para a realidade dos emigrantes e dos refugiados de outra maneira que não aquela a que estamos habituados: a dos meios de comunicação. Este jogo em 3D, para multi-jogadores e jogado online, foi produzido pelo grupo australiano goldextra em cooperação com artistas internacionais, grupos e instituições de arte e média. O jogo pode ser descarregado gratuitamente da internet.


Bubbles 
de Wolfgang Münch, Kiyoshi Furukawa
2000, Instalação interactiva
Colecção ZKM | Centro de Arte e Media Karlsruhe



Em "Bubbles" o público é convidado a interagir com uma simulação de bolhas flutuantes em tempo real, onde as bolhas são definidas como objectos autónomos e onde o seu comportamento e as suas respostas a qualquer interacção com o participante seguem um conjunto de leis físicas simuladas. Ao mesmo tempo, quer o sistema em si, quer a interacção com as bolhas criam estruturas musicais não lineares. Estas são geradas em tempo real, utilizando uma interface e um sintetizador MIDI. "Bubbles" aborda a estética da interacção onde se destaca a relação com o corpo, que é deslocado para o centro do trabalho enquanto interface, fazendo com que o projector, o corpo do participante e o ecrã de projecção tomam o lugar de um “computador analógico” Outro elemento fundamental de "Bubbles" é o algoritmo de simulação que define o universo dimensional e totalmente artificial do ecrã.


ReacTable
Sergi Jordà, Martín Kaltenbrunner, Günter Geiger, Marcos Alonso
2005, Instalação Audiovisual



Reactable é um instrumento para a criação e execução de música electrónica destinado a vários utilizadores. Foi concebido como uma ferramenta de criação musical “para o hemisfério direito”, afirmam os seus autores. Ou seja, é um instrumento que se pode tocar intuitivamente e “quase sem pensar”. Como tal, o Reactable é um instrumento interactivo e amigo do utilizador. Constituindo como um instrumento, Reactable possibilita uma viagem interminável e cheia de surpresas. Através da sua interface interactiva, tangível e intuitiva, o utilizador pode visualizar a música e ao mesmo tempo manipulá-la e tocá-la com as suas próprias mãos. Quando usado colectivamente o trabalho (a mesa luminosa circular) é rodeado de utilizadores que actuam em simultâneo, movendo, rodando e criando ligações entre os vários e diferentes “objectos musicais” que lhes são disponibilizados.

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

    Dirk Riegert: "Preconceptions about Gamedesign (1/4)"

    Christoph Deeg: "Libraries discovering Web 2.0 (1/4)"

    Ver todos os videos